Como tudo começou?

Você sabe como teve origem a I Mostra Nacional de Dança Espírita?

396638_376283392456929_2117620040_nEm 2011, reuniram-se em Belo Horizonte, por ocasião da  I Mostra Espírita de Dança “Novos Horizontes”, integrantes do movimento espírita de dança das regiões centro-oeste, sul e sudeste do Brasil. Esta última, tendo presentes representantes de todos seus estados constituintes – São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.Numa das noites do evento, integrantes da coordenação das mostras espíritas de dança “Oficina do Espírito” (SP), da “Novos Horizontes” (MG) e da Mostra Rio, além de companheiros de Brasília, Curitiba, Viçosa e Rio Claro reuniram-se para discutir a criação de uma Mostra Nacional de Dança Espírita.

A ideia surgiu, devido a observação de que a região sudeste, por ser a que mais abrigava grupos de dança espírita na época, em 2011 já contava com três mostras espíritas de caráter nacional. Dessa forma, o calendário das mesmas poderia começar a coincidir, o que viria dividir a participação dos grupos nos eventos, pois não podendo estar em todos, em virtude de questões financeiras e de deslocamento, teriam que escolher em qual participar.

As mostras que tem por objetivo reunir grupos de dança espírita de várias localidades para compartilhar momentos de estudos teórico-práticos, trabalhos artísticos, ser momento de confraternização e difusão da dança alicerçada na Doutrina Espírita poderiam começar a se fragmentar.

Preocupados na manutenção da união dos grupos de dança espírita, os organizadores da Mostra “Oficina do Espírito” e “Novos Horizontes” começaram a pensar na realização de uma Mostra Nacional de Dança Espírita. Esta reuniria os grupos existentes num único evento nacional, suscitando ao mesmo tempo o surgimento, o desenvolvimento e o crescimento de mostras estaduais de dança espírita.

O fato das mostras já existentes tornarem-se estaduais, seria relevante, pois poderiam concentrar todos seus esforços no crescimento e fortalecimento da dança espírita em seus estados. O objetivo da Mostra Nacional de Dança Espírita seria dividir as experiências de cada estado e difundir a dança espírita em todo território nacional, já que seria itinerante. Além disso, buscaria o  envolvimento dos grupos espíritas de dança em todo processo de realização – idealização, desenvolvimento e execução das mostras, o que vem ao encontro dos ideais acalentados desde o início da realização da  primeira mostra espírita de dança brasileira – a “Oficina do Espírito” – criada em  Araras, SP, no ano de 2001.

Após esta primeira reunião presencial em Belo Horizonte, as discussões seguiram-se por e-mail no “sapatilha”, lista de e-mails que reúne grupos de dança espírita de todo o Brasil. Lá ocorreram a escolha do estado que sediaria a I Mostra Nacional de Dança Espírita, da primeira coordenação do evento, a votação do tema, entre outros, com participação intensa lideranças da dança espírita de todo país.

Em 15 de novembro de  2012 a I Mostra Nacional de Dança Espírita materializa-se em Vitória/ES, sob a coordenação de Mariana Petri/RJ, Isadora Lee Padilha/ES, Rodrigo Ferr/RJ e Anderson Daltro/RJ, tendo como tema – “Sublimação do Artista: a arte vivenciada”.

Ao final do primeiro evento foi votado o local da II mostra que ocorreu no Rio de Janeiro em 2014, sendo sucedida pela III Mostra em São Paulo, que ocorreu concomitantemente com o II Encontro Nacional de Artistas Espíritas, união sugerida pelo presidente da Abrarte e aceita por votação pelos grupos de dança espírita presentes na terceira edição do evento na cidade do Rio de Janeiro.

Atualmente, a IV Mostra Espírita de Dança está sendo pensada por vários bailarinos e estudiosos da dança espírita do país e será realizada em Florianópolis de 15 a 18 de novembro 2018.

i-mostra_2012
Cartaz da I Mostra Nacional de Dança Espírita Vitória, ES – 2012

A Mostra Nacional de Dança Espírita é um evento  aberto exclusivamente à participação de dançarinos e coreógrafos espíritas, grupos espíritas de dança e demais artistas do movimento espírita, bem como simpatizantes e interessados em conhecer a dança sob a égide do Codificador.

A Mostra não possui qualquer caráter de competitividade, as apresentações artísticas são marcadas por grande diversidade de estilos e formas de expressão; abrange os três aspectos implícitos à dança – cênico, educativo e terapêutico.  Além disso,  conta com momentos de estudo, oficinas, e exposições teórico-práticas da dança à luz da Doutrina Espírita.

As mostras contam com a participação de crianças de todas as idades, jovens e adultos, integrantes de grupos de dança espírita de todo o país. É um momento ímpar – onde as diferenças sociais, raciais, de idade e gênero, se unem numa única coreografia, num único ideal –  a dança na transformação do Ser Imortal.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Datas da IV Mostra Nacional de Dança Espírita

borboletas-voando

05/02/2018 Abertura de inscrições individuais/grupos

Coreografias e espetáculos

Abertura de inscrições oficinas e painéis

22/07/2018 Fechamento de inscrições Individuais/ grupo

Coreografias e espetáculos

Oficinas e painéis

15/09/2018 Divulgação das coreografias e espetáculos selecionados
15 a 18/11/2018 IV Mostra Nacional de Dança Espírita

IV Mostra Nacional de Dança Espírita

Cidade Sede divulga informações sobre local do evento

A IV Mostra Nacional de Dança Espírita acontecerá em Florianópolis/SC de 15 a 18 Novembro de 2018.

O evento acontecerá na “Sociedade Espírita Entreposto da Fé”, localizada à rua Servidão Marcelino Gonçalves, 71 – Monte Verde – Florianópolis, Santa Catarina – Próximo a Associação de Moradores Aprocruz.

IMPORTANTE: A Sociedade Espírita Entreposto da Fé apenas sediará o evento. Não tem qualquer ligação com a IV MNDE, sendo que todas as informações e dúvidas devem ser enviadas ao e-mail: mostranacionaldancaespirita@gmail.com

Imagens local do evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Prazo prorrogado “Projeto – História da Dança Espírita no Brasil”

Prorrogado para o dia 30/08 a entrega dos relatos para o livro   “Dança Espírita no Brasil: Contando uma história”

         boneco prazo

Em reunião extraordinária, ocorrida na última quinta-feira (28/07) a equipe de coordenação responsável pelo PROJETO – Dança Espírita no Brasil: Contando uma História, reunida junto à coordenação da Mostra Nacional de Dança Espírita decidiu  prorrogar o prazo de entrega dos relatos que comporão o livro para o dia 30 de Agosto de 2016 impreterivelmente.

            O projeto destina-se a escrita de um livro sobre a Dança Espírita no Brasil que será lançado em Junho de 2017. O objetivo do livro é coletar, sistematizar e difundir as diferentes histórias de grupos de dança espírita de todo país e artistas espíritas que trabalham com esta linguagem. A finalidade é socializar  saberes e fazeres da dança espírita, seus protagonistas e propostas e seu campo de atuação vinculado a Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec ao longo de diferentes décadas deste e do século passado.

            A decisão de prorrogação da data de entrega dos relatos, deu-se devido ao fato de vários grupos e artistas espíritas da dança somente terem tido acesso às orientações quanto à escrita do livro, no início desta semana.  Além disso, a equipe responsável pelo projeto ainda vem fazendo uma pesquisa para localização e contato com coordenadores e/ou ex-integrantes de grupos mais antigos ou já extintos para a escrita de suas histórias.

Outra questão que foi levada em conta para a prorrogação do prazo é a importância da participação do maior número de narrativas possíveis dos grupos e  artistas ligados a esta linguagem que trabalham junto a Doutrina Espírita. Há a necessidade premente de registro e preservação da memória das atividades que vem sendo realizadas no Brasil junto à dança espírita desde a segunda metade do século XX para que não se percam.  Isto só pode ser feito por aqueles que atuaram e vem atuando junto a este trabalho.

A Equipe do projeto aproveita para fazer um apelo para que os grupos não deixem de participar junto ao projeto, de forma que ele colabore para a difusão das muitas formas de atuação desta arte na casa espírita junto à infância e juventude aproximando-a do Evangelho do Cristo.

            A Equipe de Coordenação da MNDE e do Projeto pede desculpas e   compreensão  daqueles que entregaram e entregarão a escrita dentro do primeiro prazo estipulado e aguarda que os demais grupos que só conseguirão entregar ao longo destes trinta dias, q o façam o mais rápido possível, pois o material recolhido passará por revisão e análise dos responsáveis, antes da entrega para montagem e edição dos mesmos. O prazo não será novamente prorrogado.

            Aqueles que ainda desejam participar ou necessitam de novas orientações devem entrar em contato no e-mail dancaespiritaminhahistoria@gmail.com aos cuidados de Miriam Faria.

 

Participe! Escreva sua (nossa) história!

PROJETO – Dança Espírita no Brasil: Contando uma História

A IDEIA
cartaz1_LIVRO2Durante o Fórum de Coordenadores de Dança Espírita que ocorreu na III Mostra Nacional de Dança Espírita em São Paulo (Maio, 2016), surgiu à ideia de registrar a história da dança espírita no Brasil.

A partir da troca de ideias entre coordenadores de grupos espíritas de dança, artistas espíritas que atuam nesta linguagem, interessados em formar grupos e evangelizadores ligados ao trabalho com dança espírita, verificou-se a diversidade de experiências existentes, a necessidade de partilha destas vivências e a falta de registro das atividades de um movimento (1) que, ao que se sabe, iniciou sua trajetória na segunda metade do século XX.

Pensou-se num registro das atividades desenvolvidas pelos grupos de dança espírita desde o preparo técnico do bailarino, o processo de estudo, pesquisa e construção coreográfica, que são indissociáveis de uma pedagogia do movimento (2) que tenha todo seu alicerce na Doutrina Espírita.

De forma despretensiosa veio à tona a ideia do livro, buscando socializar entre os grupos a experiência acumulada por cada um deles, compartilhando entre seus pares dificuldades e desafios, soluções e maneiras de trabalho encontradas ao longo de sua trajetória. Um processo de ajuda mútua, visando o crescimento de todos.

A diversidade enriquecedora das formas de manifestação da dança espírita, seja no contexto pedagógico, técnico, educativo, terapêutico ou cênico é algo que merece ser compartilhado entre artistas espíritas desta linguagem e leigos no assunto.

Assim nasceu o Projeto – “Dança Espírita no Brasil – Contando uma história”, que não teria outra maneira de se concretizar, senão pelas mãos dos que constroem e consolidam cada vez mais este movimento – seus protagonistas.

[1] Referência ao Movimento Espírita de Dança.

[2] Isso quer dizer, que dança espírita é muito diferente de aprender movimentos codificados de estilos diversos, o que se faz em qualquer estúdio de dança, mas é um processo de educação do espírito que começa desde o  preparo da aula até a apresentação, ou seja, tem uma metodologia própria, cujo objetivo não se encerra num espetáculo/coreografia. É um processo cíclico que tem por objetivo o autoconhecimento, a reforma íntima.

SEUS OBJETIVOS E IMPORTÂNCIA

O projeto destina-se a escrita de um livro sobre a Dança Espírita no Brasil que será lançado em Julho de 2017. O objetivo do livro é coletar, sistematizar e difundir as diferentes histórias de grupos de dança espírita de todo país e artistas espíritas que trabalham com esta linguagem. A finalidade é socializar  saberes e fazeres da dança espírita, seus protagonistas e propostas e seu campo de atuação vinculado a Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec ao longo de diferentes décadas deste e do século passado.

O Movimento de Dança Espírita Brasileiro precisa registrar e comprovar sua existência e preservar sua memória para tornar-se rica fonte de informações;  estando acessível, a qualquer tempo, aos interessados, sejam os próprios artistas espíritas, simpatizantes, pesquisadores e público em geral.

O projeto da escrita do livro é de fundamental importância para tornar-se documento histórico deste movimento rico em diversidade, fonte de aprendizado aos que atuam hoje na dança espírita, aos que colaboraram no passado e aos que darão continuidade no futuro.

QUEM PODE PARTICIPAR ?

  • Coordenadores e/ou integrantes de Grupos Espíritas de Dança (que atuam hoje);
  • Coordenadores e/ou ex-integrantes de Grupos de Dança Espírita que não atuam  mais (existem mais);
  • Artistas espíritas da dança que atuam ou atuaram dentro da dança espírita;
  • Evangelizadores espíritas que fazem uso da dança como processo de educação do espírito;
  • Espíritas ex-bailarinos que pesquisam e escrevem sobre o assunto, entre outros.

COMO PARTICIPAR?

Você deverá escrever um e-mail para: dancaespiritaminhahistoria@gmail.com

A/C Miriam

Será lhe enviado o regulamento e o roteiro de escrita.

PRAZOS

Entrega do material até 31/07/16.

Todas as orientações virão no e-mail.

Dança Espírita no Brasil: contando uma história

Ajude a contar esta história!!!

Dança Espírita no Brasil: Queremos conhecer sua história!!!
Participe da escrita do LIVRO, contando sua experiência com a Dança Espírita.

Como participar? Envie um e-mail para receber o REGULAMENTO – dancaespiritaminhahistoria@gmail.com

IMPORTANTE – O prazo de entrega dos textos vai somente até 31/07/16.

cartaz1_LIVRO