Lindos Caminhos

307409_533752846664777_1740000934_n
Nas telas “As mães de Chico”…
Numa Escola, o rastilho
Aceso tão de repente…
Muitas vidas ceifadas
Inda nem bem iniciadas
Tristes caminhos da gente…

Quão triste é a dor muda
Solitária, na clausura…
Que não consegue se expor
Tão cheia de conflitos
Tão mergulhada em atritos
Tão carente de amor…

Tão angustiada se torna
Que tomada se transforma
Para grave obsessão…
Disparando para alvos
Colidindo em campos cármicos
De numerosos irmãos.

Não sejas tu o escândalo
Não te convertas num vândalo,
A lei tem mais instrumentos
Que não envolvem tuas mãos
Nem sequer a tua ação
Nos seus reajustamentos…

Oh! Pelos que partem, oro…
Por ti, que matou, imploro
Aos céus toda claridade!
Já matei, eu sei, foi ontem.
Hoje novos horizontes
A todos nós se abrem.

Ao longo da evolução
Na ignorância-vulcão
Quem não tirou uma vida?
Hoje temos novos hinos
Deixamos tristes caminhos
Por uma via redimida !!!

Ah! Se Arte te beijasse,
Tua timidez afastasse
E ganhasse tua confiança…
Tua catarse farias
Tua dor nos contaria…
Na tua mente a esperança.

Oh, Casa Espírita abre-te
Incorpora a nobre Arte
Como recurso divino.
Para minimizar as dores
Dos espíritos sofredores
Que mancham o próprio destino…

Oh, Casa Espírita abre-te
Incorpora a nobre Arte
Que desperta a consciência.
Para drenar mil conflitos,
Para mostrar o infinito,
Que acolhe a nossa existência…

Oh, Casa Espírita abre-te
Incorpora a nobre Arte
Esquece as bilheterias.
Se ergueres uma alma
Se a desarmares com calma
Irás poupar quantas vidas…?

Oh, Casa Espírita abre-te
Incorpora a nobre Arte
Não te rogo primor.
Se não tiveres spots
Figurinos, microfones…
Que tenhas um grande AMOR.

Oh, Casa Espírita abre-te
Incorpora a nobre Arte
Para educar “mil” meninos.
Que nas mãos tragam pincéis,
Na voz “mil” decibéis…
Que sigam LINDOS CAMINHOS.

Jaime Togores –  Rio – 07/04/2011
CE Seara do Amor
Santos – SP

Há caminhos que a argumentação não acessa, onde os conselhos são barrados, as conversas são evitadas, os livros não conseguem cativar…

Caminhos nos quais a razão está doente, podem, muita vezes, serem acessados pelo toque da sensibilidade, da sutileza, da grandeza e da beleza da ARTE.

É mais um recurso terapêutico a somar-se aos outros já existente: os estudos, a terapia fluídica, a desobsesão, o atendimento fraterno, o Evangelho, as tarefas de promoção social, de caridade…

Os Espíritos desencarnados cuidam igualmente dos valores artísticos no plano invisível para os homens?

Temos de convir que todas as expressões de arte na Terra representam traços de espiritualidade, muitas vezes estranhos à vida do planeta. Através dessa realidade, podereis reconhecer que a arte, em qualquer de suas formas puras, constitui objeto da atenção carinhosa dos invisíveis, com possibilidades outras que o artista do mundo está muito longe de imaginar.

No Além, é com o seu concurso que se reformam os sentimentos mais impiedosos, predispondo as entidades infelizes às experiências expiatórias e purificadoras. E é crescendo nos seus domínios de perfeição e de beleza que a alma evolve para Deus, enriquecendo-se nas suas sublimadas maravilhas.
O Consolador – Francisco C. Xavier / Emmanuel

Graças à sua contribuição (a arte), o bruto se acalma, o primitivo se comove, o agressivo se apazigua, o enfermo se renova, o infeliz se redescobre, e todos os outros indivíduos ascendem na direção dos Grandes Cimos.
Atualidade do Pensamento Espírita – Divaldo Franco / Vianna de Carvalho

HOJE! Encontro virtual via hangout

Entrevista com a coreógrafa Myrla Barreto criadora do espetáculo “A Porta Falsa” baseado no livro “Memórias de um Suicida”.

 

Quer participar? Veja o passo a passo embaixo.
12274479_1055581981138792_3363691471692892231_n
 
1 – Você deve ter um e-mail do gmail
3 – Abaixo deste post deixe seu endereço de e-mail
4 – Entre no site do hangout – https://hangouts.google.com /
Siga as instruções ( faça um teste um dias antes do encontro)
5 – Verifique se o som e o vídeo do seu computador estão funcionando.
6 – No dia 27/11 busque entrar de 15 a 20 minutos antes.
7 – Você será chamado para participar do grupo mostranacionaldancaespirita
8 – Aceite o convite.
9 – O hanghout só permite a entrada de 10 pessoas na entrevista. (Chegue mais cedo para não perder a oportunidade).

 

REGULAMENTO APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS

 DO ENARTE E SEUS OBJETIVOS 

III_MNDEO II ENCONTRO NACIONAL DE ARTE ESPÍRITA é um evento promovido pela Associação Brasileira de Artistas Espíritas – Abrarte, em parceria com a Mostra Nacional de Dança Espírita e a União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo – USE, que será realizado em regime integral, no período de 26 a 28 de maio de 2016 na cidade de São Paulo.

O II ENARTE E A III MNDE tem como objetivo reunir em clima fraternal, artistas espíritas de diferentes atuações nas diversas regiões do país, com o intuito de promover a troca de experiências, reflexões, estudo doutrinário e busca pelo aperfeiçoamento do fazer artístico espírita.

DA SELEÇÃO 

Todas apresentações inscritas serão submetidas à apreciação de uma comissão indicada pela Coordenação Geral da III MNDE e do II ENARTE onde serão observados o nível técnico, conteúdo doutrinário, elementos expressivos, características do trabalho/grupo, público alvo e outros.

As apresentações inscritas serão selecionadas pela Coordenação geral do III MNDEe do II ENARTE, priorizando-se a diversidade, pluralidade de linguagens, conveniência, o tempo disponível e a aplicabilidade como material de reflexão e estudo para os demais participantes do evento.

O preenchimento da Ficha de Inscrição para Apresentação Artística NÃO GARANTE

automaticamente a participação na programação do evento A Comissão Organizadora dáse o direito de incluir a apresentação do grupo seja no período da manhã, tarde ou noite, conforme opção na ficha de inscrição de disponibilidade da programação.

O grupo será informado do resultado da seleção pelo blog do II Enarte, da III MNDE e por email.

DO ENCONTRO 

Os grupos receberão na Recepção e Credenciamento do Evento o horário de reconhecimento de palco. É essencial para a organização do evento o cumprimento dos horários de Reconhecimento de palco. Os participantes devem acompanhar pelo Blog a divulgação da programação do evento Não será permitido que as trabalhos selecionados sejam apresentados com conteúdo diverso daquele enviado para seleção.

O grupo se responsabiliza pelo transporte do cenário e demais objetos utilizados durante a apresentação, com exceção de objetos de difícil locomoção que sejam de fácil acesso à Organização do II ENARTE e que tenham sido anteriormente solicitado.

Todos os artistas, inclusive equipe técnica, deverão ser participantes do II ENARTE, devendo realizar sua inscrição individual para participação no encontro.

Os artistas deverão seguir as orientações da equipe de produção do evento, que irá acompanhar o reconhecimento de palco e apresentações como por exemplo os instantes de entrada e saída de palco dos artistas e equipamentos.

Nos horários diversos daqueles utilizados para apresentação, serão oferecidos workshops, oficinas, centro de interesses e estudos para aprimoramento e integração dos participantes.

A Inscrição da(s) apresentação(ões) no ENARTE e na MNDE pressupõe a aceitação e concordância com todos os termos do presente regulamento, valendo como contrato de adesão incluindo toda a programação e divulgação do evento.

O material gravado descrito no Art. 2º, §1º, poderá ser utilizado pela Organização do Evento para divulgação em jornais, revistas, rádio, televisão, Internet ou qualquer outro meio existente ou que venha a ser criado, e como material didático ou documental, sem qualquer ônus ou processo para a Comissão Organizadora e/ou promotora do ENARTE e da MNDE, ficando vedada a exploração que não seja para a divulgação da Doutrina Espírita, bem como o repasse deste direito para terceiros.

  • 1º A autorização descrita no Art. 2º, §1º, não exclui, em hipótese alguma, o direito dos autores de explorar a peça teatral e o material gravado da forma que melhor lhe aprouver.
  • 2º. O objetivo primeiro da exploração do material gravado nas apresentações é a divulgação das obras e de seus respectivos autores.
  • 3º Não será permitido o uso de qualquer animal vivo, de água, purpurina, Sky paper, velas e/ou tochas acesas, lançamento de serpentinas ou qualquer tipo de material que impossibilite a limpeza do palco no período de apresentações e prejudiquem o grupo que apresentará na sequência e/ou possa atingir a plateia.

TEATRO 

As peças teatrais deverão ter temática espírita.

  • 1º Pela sua duração, a obra deverá se enquadrar em uma das três categorias:
  1. Cena até 15 min: 1 ou mais cenas de uma peça até 15 min;
  2. Cena até 30 min: 1 ou mais cenas de uma peça até 30 min;
  3. Peça Teatral Curta até 30 minutos

A peça poderá ter um único ator (monólogo) ou elenco de dois ou mais atores.

Cada grupo poderá inscrever 1 ou mais apresentações teatrais, sendo que cada inscrição será individualizada, e deverá ser formalizada via internet, com o preenchimento da ficha e o envio de um link que contenha o vídeo da apresentação, visualização pública ou privada, com figurino, cenários, material cênico, trilha e efeitos sonoros que serão utilizados na apresentação, acompanhada do texto da obra.

As apresentações classificadas para Mostra deverão apresentar autorização para sua utilização na gravação de material de divulgação do evento. O modelo da autorização será enviado, quando da confirmação da participação do trabalho artístico na Mostra.

Cada formulário de inscrição deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos enviados junto a cada formulário de inscrição não serão devolvidos em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do II Encontro nacional de Arte Espírita.

DANÇA E CIRCO 

As coreografias/espetáculos e trabalho de circo deverão possui como abordagem central conteúdos doutrinários espíritas.

Pela sua duração, a obra deverá se enquadrar em uma das duas categorias:

  1. Coreografia/performance em Circo : até 5 min;
  2. Espetáculo de Dança e/ou Circo : até 20 min;

As apresentações poderão ter um único bailarino/performer (solo) ou elenco de dois ou mais artistas.

Em CIRCO serão aceito a inscrição nas seguintes modalidades de tecido, malabares, arco, lira, contorcionismo, equilíbrio e outros, desde que o artista/grupo preencha todos os itens da Ficha de Coreografia/Espetáculo.

Cada grupo poderá inscrever quantas coreografias, espetáculo ou performances em circo desejarem, sendo que cada inscrição será individualizada, e deverá ser formalizada via internet, com o preenchimento da ficha e o envio de um link que contenha o vídeo do trabalho inscrito na integra (visualização pública ou privada), com figurino, cenários, material cênico, trilha, projeções e efeitos sonoros que serão utilizados na apresentação.

Os trabalhos que forem selecionados para Mostra deverão apresentar autorização para sua utilização na gravação de material de divulgação do evento. O modelo da autorização será enviado, quando da confirmação da participação do trabalho artístico na Mostra.

Cada formulário de inscrição deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos enviados junto a cada formulário de inscrição não serão devolvidos em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do MNDE e do ENARTE.

Se por algum motivo o Grupo (bailarino ou integrante do Grupo) não cumprir com o Regulamento/Normas do Evento e/ou da Linguagem Artísticas no qual se inscreveu; seja durante a programação do Evento e em específico “em cena”, vindo a alterar/modificar intencionalmente o trabalho inscrito no ato da apresentação, vindo a causar transtornos junto a Organização do Evento, o mesmo (integrante e/ou grupo) estará sujeito a ter vetada sua participação em Eventos realizados pela organização da Mostra Nacional de Dança Espírita.

ÁUDIO VISUAL 

As produções audiovisuais deverão ser originais e com temática espírita.

Entende-se-por produção audiovisual original aquela não plagiada ou adaptação de outra já existente.

A obra deverá se enquadrar em uma das três categorias: Videoclipe, CurtaMetragem,

Animação.

  1. Videoclipe : com duração de até 5 min;
  2. CurtaMetragem

: de ficção ou documentário, com duração de até 20 minutos;

  1. Animação : com duração de até 15 minutos.

Os vídeos para apresentação no ENARTE deverão estar em um dos formatos: WMV, MP4 ou H.264.

Cada autor ou grupo poderá inscrever 1 ou mais produções, sendo que cada inscrição será individualizada, e deverá ser formalizada via internet, com o preenchimento da ficha e o envio de um link que contenha o vídeo, acompanhada do roteiro da produção.

As produções de audiovisual que forem classificadas para o ENARTE deverão apresentar autorização para sua utilização na gravação de material de divulgação do evento.

O modelo da autorização será enviado, quando da confirmação da participação do trabalho artístico, produção em audiovisual, no ENARTE.

O formulário de inscrição de cada produção deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos enviados junto ao formulário de inscrição não serão devolvidos em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do ENARTE.

Após as inscrições todas as produções de audiovisuais serão submetidas à apreciação de uma comissão indicada pelos coordenadores do ENARTE.

As produções audiovisuais inscritas passarão por um processo seletivo quanto a: nível técnico, conteúdo doutrinário, elementos expressivos, características do trabalho/grupo, público alvo e outros.

A seleção será feita pela Coordenação Geral do II ENARTE, priorizando-se a diversidade, pluralidade de linguagens, conveniência, o tempo disponível e a aplicabilidade como material de reflexão e estudo para os demais participantes do evento.

Caso a produção seja selecionada, para sua apresentação no Enarte deverá ter qualidade técnica suficiente para projeção de imagem e áudio.

O grupo será informado do resultado da triagem por email. E a lista dos selecionados também constará no blog do II Enarte.

POESIA 

As poesias deverão ter temática espírita.

A apresentação deverá se enquadrar em uma das categorias:

  1. Declamação até 10 minutos;
  2. Poesia encenada até 15 minutos;

A apresentação poderá ter um ou mais artistas.

Cada artista poderá inscrever quantas poesias desejar, sendo que cada inscrição será individualizada, e deverá ser formalizada via internet, com o preenchimento da ficha e o envio de um link que contenha o vídeo da apresentação, visualização aberta ou fechada, com figurino, cenários, material cênico, trilha e efeitos sonoros que serão utilizados na apresentação, acompanhada do texto da poesia.

As que forem classificadas para Mostra deverão apresentar autorização para sua utilização na gravação de material de divulgação do evento. O modelo da autorização será enviado, quando da confirmação da participação do trabalho artístico na Mostra.

Cada formulário de inscrição deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos enviados junto a cada formulário de inscrição não serão devolvidos em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do ENARTE.

MÚSICA

A apresentação deve constar de canções com temática espírita, com melodia e letra ou somente instrumental.

A apresentação poderá ser individual (solo) ou coletiva (duo, banda, coral, etc).

Pela sua duração, a apresentação deverá se enquadrar em uma das duas categorias:

. Apresentações de até 10 minutos.

. apresentações de até 20 minutos.

. apresentação de até 30 minutos.

Cada artista ou grupo poderá inscrever uma ou mais apresentações em qualquer categoria, Cada inscrição será formalizada via internet, com o preenchimento da ficha de inscrição e o envio do link do aúdio/vídeo com a(s) música(s), acompanhado de arquivo de texto da(s) letra(s).

Se a apresentação tiver elementos cênicos de performance, dança ou teatro, ou uso de objetos cênicos, deverá ser enviado link do vídeo.

As apresentações que forem selecionadas para o ENARTE deverão apresentar autorização para sua utilização no material de divulgação do evento.

O modelo da autorização será enviado, quando a apresentação for selecionada para o ENARTE.

O formulário de inscrição deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos enviados junto ao formulário de inscrição não será devolvido em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do ENARTE.

ARTES VISUAIS 

Os Trabalhos em Artes Visuais deverão ter temática espírita.

Para cada trabalho/obra que tiver tema/pesquisa distinta, o artista/grupo terá que preencher uma ficha de inscrição específica, o mesmo ocorrendo se os trabalhos forem de diferentes estilos/técnicas.

Se o artista/grupo for inscrever, por exemplo, várias pinturas/quadros, mas cada obra tiver um tema, assunto, inspiração diferente, mesmo que o material e o recurso técnico forem o mesmo, deverá utilizar uma ficha para cada quadro/pintura; mas, se for inscrever um número maior de obras que utilizem os mesmos recursos técnicos, mas com mesmo tema, fonte de pesquisa e inspiração, poderá utilizar a mesma ficha de inscrição, descrevendo cada obra e enviando imagens detalhadas de todas.

Não será permitido o uso de qualquer animal vivo, de água, purpurina, Sky paper, velas e/ou tochas acesas, lançamento de serpentinas ou qualquer tipo de material que prejudique a limpeza do local, o andamento do evento, ou coloque em risco o espaço ou demais participantes.

Cada Artista ou Coletivo poderá inscrever quantos trabalhos/obras artísticas desejarem, nos diferentes estilos e/ou técnicas (Grafite, Pintura, Desenho, Escultura, “Croquis”, Instalações, Fotografias, outros), sendo que cada inscrição será individualizada, e deverá ser formalizada via internet, com o preenchimento da ficha e o envio da foto da obra se for bidimensional, ou de um link com o vídeo de todos os ângulos da obra se for tridimensional (esculturas, instalações).

Os trabalhos que forem selecionados para Mostra deverão apresentar autorização para sua utilização na edição e gravação para material de divulgação do evento. O modelo da autorização será enviado, quando da confirmação da participação do trabalho artístico na Mostra.

Cada formulário de inscrição deverá estar devidamente preenchido, respeitando-se o prazo máximo de inscrição.

Os arquivos/imagens enviados junto a cada formulário de inscrição não serão devolvidos em qualquer hipótese, passando a integrar o acervo do ENARTE.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA III MOSTRA NACIONAL DE DANÇA ESPÍRITA

CARTAZ FINAL ENARTE- SEM LOGO DA FEBAs inscrições para participar do 2º Encontro Nacional de Arte Espírita (Enarte 2016) iniciaram ontem, 15 de outubro, e vão até o dia 15 de março de 2016. Já as inscrições de trabalhos artísticos para serem apresentados durante o evento iniciam no próximo dia 1º de novembro e vão até o dia 15 de fevereiro de 2016.

Promovido pela Abrarte, em parceria com a União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo (USE-SP) e a coordenação da Mostra Nacional de Dança Espírita, o Enarte vai se realizar entre os dias 26 e 29 de maio de 2016, em São Paulo. Dentro da programação do evento acontece também a 3ª Mostra Nacional de Arte Espírita e o 13º Fórum Nacional de Arte Espírita.

Para inscrever trabalhos artísticos, devem ser indicadas as características da apresentação, tempo de duração, disponibilização de link de vídeo com filmagem na íntegra e detalhamento da parte técnica que envolve a apresentação. Não será possível inscrever-se apenas para apresentações. Os artistas que desejarem apresentar deverão estar inscritos no evento e participar das demais atividades da programação.

O encontro terá atividades de estudo doutrinário relacionado à prática artística espírita, oficinas de qualificação técnica, apresentações artísticas e painéis de socialização de experiências do movimento espírita de arte. Haverá também atividades específicas para a Mostra de Dança e para o Fórum, este destinado a lideranças do movimento artístico espírita. O evento tem como público-alvo artistas espíritas, evangelizadores, coordenadores e dirigentes de instituições interessados em conhecer a prática artística espírita. Crianças de 7 a 12 anos, participantes regulares de grupos artísticos espíritas, deverão inscrever-se na condição de artista, sendo estabelecidas atividades específicas para esta faixa etária.

A organização do Enarte disponibilizará alojamento coletivo, e cada participante deverá providenciar colchão inflável ou similar, roupa de cama e cobertores.

As vagas para alojamento são limitadas a 380, sendo que a prioridade para uso do alojamento será feita respeitando-se a ordem cronológica da efetivação da inscrição no evento. Na medida da possibilidade a organização local disponibilizará relação de hotéis/pousadas parceiros do evento, sendo os custos de responsabilidade de cada participante.

O valor da inscrição varia conforme a data em que for feita, a idade do participante, se o participante solicitar ou não alojamento no evento ou ainda se é associado ou não à Abrarte. Confira na tabela a seguir os valores das inscrições:

Situação De 15/10/2015

a 15/12/2015

De 16/12/2015

a 15/02/2016

De 16/02/2016

a 15/03/2016

Participante alojado no evento R$ 160,00 R$ 176,00 R$ 193,60
Participante NÃO alojado no evento R$ 140,00 R$ 154,00 R$ 169,40
Participante até 12 anos alojado no evento R$ 100,00 R$ 110,00 R$ 121,00
Participante até 12 anos NÃO alojado no evento R$   80,00 R$ 88,00 R$ 96,80
Associado da Abrarte adimplente alojado no evento R$ 136,00 R$ 149,60 R$ 164,56
Associado da Abrarte adimplente NÃO alojado no evento R$ 119,00 R$ 130,90 R$ 143,99

A dança se fez presente na I Mostra ABRARTE Norte em Macapá – 2015

A Dança Espírita na I Mostra ABRARTE Norte em Macapá

A Dança Espírita na I Mostra ABRARTE Norte Aconteceu em Macapá, Amapá, de 5 a 7

IMG-20150911-WA0017 (1)

de Setembro, a mostra de arte espírita da região que reuniu alguns dos grupos de dança do Norte como o Passos de Luz (Macapá- coordenação Perciliano Gomes) e MELB (Belém- coordenação Marize Azeredo). Eles juntos somaram 10 apresentações que foram divididas entre os dias 5 e 6 durante as noites artísticas (momentos abertos à sociedade).

No dia 5, no palco do Teatro das Bacabeiras, pode- se assistir as coreografias das músicas “Apenas Amar” e “Uma Prece” pelo grupo Passos de Luz; também “Súplica a Jesus”, “Evangelho de Luz” e “Ave Maria” pelo Grupo MELB.DSC_0040

No dia 6, no Anfiteatro da UNIFAP, pode- se assistir as coreografias “Jesus de Nazaré”, “Filho de Deus” e “Séquito de Caridade” pelo Grupo MELB; também da música “Cândido Chico” pelo Passos de Luz Adulto com o Infantil e um pou porri das músicas “Pra Melhorar” e “É Preciso Continuar” pelo Grupo Passos de Luz Infantil. Ainda no dia 6, houve dança em um dos Centros de Interesse.

         O tema foi “Dança como Atividade de Promoção e Assistência Social naCasa Espírita”. Conduzido pela coordenadora do Projeto Social de Dança Lucia Esperança- MELB (Belém/PA) e pela coreógrafa Lucinha Azeredo. 30 interessados teve esse estudo que finalizou com oficina de dança ainda da Lucinha.

IMG-20150911-WA0018

A comitiva espírita dançante paraense somou 23 integrantes dentre bailarinos,acompanhantes e coordenação. Já os dançantes do grupo amapaense, somaram 18 integrantes somando bailarinos crianças, jovens e adultos, apoio e coordenação. Foram momentos excelentes e de luz que a dança espírita do Norte viveu e proporcionou a este evento abrarteano.

Perciliano Gomes

Coordenação Mostra Nacional de Dança Espírita